Preciso mesmo de ter comunhão com os irmãos da igreja? Não posso servir a Deus em casa?

Atualmente não é difícil encontrar pessoas que acreditam em Deus mas que não frequentam a igreja por razões diversas. Gostaria de abordar a importância de vivermos em comunhão com os irmãos e irei mostrar alguns versículos da Bíblia que reforçam a imperiosa necessidade dessa mesma comunhão. Não te vás embora! Lê até ao fim.

Os cantores cristãos dos nossos dias, cantam inúmeras músicas sobre este tema – COMUNHÃO. Mas será que a igreja do século 21 está a cumprir este propósito? Bom, vamos lá tentar perceber algumas coisinhas bem importantes.

 

  1. Porque tenho de viver em comunhão com os meus irmãos?

Comunhão é o acto de fazer coisas em CONJUNTO, onde ocorre uma união, ligação ou partilha. Se a Bíblia diz que em Cristo somos um só corpo, sendo que Ele é a cabeça, como podemos fazer qualquer actividade se não estivermos em comunhão? Como é que uma pessoa anda sem as suas pernas? Experimentem vestir-se sem a ajuda dos braços. É quase impossível! Tem de existir comunhão para que a obra de Deus seja concretizada em todos nós.

Romanos 12:5 “Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.”

 

  1. Temos muitos irmãos, então como é que podemos viver em comunhão com todos eles?

E se temos irmãos, não é verdade?! Serão só uns quantos milhões no planeta, uns milhares em Portugal e umas centenas na NAIC. Graças a Deus! Mas como será possível conviver com todos eles? Talvez no céu isso seja possível pois teremos a eternidade pela frente. Tempo não vai faltar, mas e aqui na terra?

Bom, eu acredito que tem uma maneira, não de conviver com todos, que seria muito difícil, mas de ter comunhão com os irmãos. É através da Santa Ceia. A Bíblia diz que, ao participarmos do cálice e do pão, participamos da comunhão do corpo e do sangue do Senhor Jesus, e portanto estamos em comunhão com o corpo de Cristo, que somos todos nós. Vimos isso no versículo citado anteriormente, Romanos 12:5 que diz: “…somos um só corpo em Cristo…”. Deste modo, é possível estarmos em comunhão com todos os nossos irmãos.

 

  1. E se eu viver sozinho, sem comunhão com meus irmãos, só eu e Deus?

Bom, eu conheço algumas pessoas, que não vão à igreja e dizem que preferem servir a Deus em casa, mas esquecem-se da comunhão que precisamos ter com os irmãos. Não estou querendo dizer que, quem prefere buscar a Deus em casa e não frequenta uma igreja vai para o inferno. Estou a falar de ter comunhão com os irmãos e por conseguinte comunhão com o corpo de Cristo.

Para muitos a questão prende-se com não terem ainda encontrado a igreja perfeita. Lamento informá-lo mas nunca irá achá-la porque a partir do momento que entramos nela, deixa de ser perfeita porque todos nós temos falhas, e somos pecadores arrependidos que procuram santificar-se a cada dia.

A “igreja” feita pelas mãos dos homens, tem a finalidade de ser habitada por pessoas, reunir os irmãos, aperfeiçoar a comunhão, alimentar-nos espiritualmente com a Palavra de Deus, pois nem só de pão viverá o homem, e a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus, e não existe melhor lugar para ouvi-la do que a igreja.

Ninguém vai à igreja para ficar a reparar na vida dos outros, ou ficar apontando o dedo ou a julgar as pessoas. Posso dizer mais ainda, se eu estivesse na igreja em função da atitude das pessoas, já lá não estaria. Mas, como temos de pensar nas coisas que são do céu, do céu são as virtudes e não os defeitos! Suportamo-nos uns aos outros, temos comunhão com o Pai e com nossos irmãos, e precisamos dizer de coração: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor!” Salmos 122:1

Bom, termino com um outro texto das Sagradas Escrituras: “Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.” Eclesiastes 4:10